October 10, 2019

October 3, 2019

January 29, 2019

Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

Kinesio Tape ou Bandas Neuromusculares moda ou efeito terapêutico?

May 15, 2017

Muitos pacientes me tem perguntado o que são estas "fitas" coloridas que toda a gente usa, uns perguntam porque vêm nos jogadores de futebol, outros porque um familiar já usou, mas nunca lhe conseguiu explicar bem o que faziam.

 Estas "fitas" coloridas, são chamadas de Kinesio Tape por uns e Bandas Neuromusculares por outros, foram desenvolvidas nos anos 70 na Ásia, utilizando os princípios da Quiropraxia e Cinesiologia.

A ideia é que o se recupere a saúde mantendo o movimento e a actividade muscular,  os músculos não realizam somente o movimento, mas também influenciam na circulação sanguínea, linfática e temperatura corporal. Tratando os músculos lesionados com este método, o processo de recuperação do nosso corpo  é activado logo é mais rápido,

Este método prolonga os efeitos do tratamento fisioterapêutico permitindo que os benefícios deste se mantenham ao longo de todo o dia, sendo usado para tratar um conjunto alargado de problemas a nível ortopédico, neuromuscular, neurológico, linfático, entre outros.

A aplicação do Kinesio Tape reduz edemas e a dor de lesões musculares. Isto ocorre porque a dor causada pela pressão exercida nos receptores do nosso corpo, sensoriais e neurológicos, é aliviada através das ondulações que a banda promove, elevando a pele. Melhorando desta forma a circulação sanguínea e permitindo que o sistema linfático flua mais livremente, logo o nosso “poder” cicatrizante actua mais facilmente.

Como pode ser utilizado durante 3 a 5 dias senão fizer alergia, estamos a falar de uma tratamento que actua nas restantes 23horas do seu dia, onde o fisioterapeuta não pode intervir, logo parece uma técnica bastante vantajosa, não?

Embora já se use em desfiles de moda e outros eventos, como um adereço, para nós estes adesivos ajudam muito em contexto clínico e é por isso que trabalharmos tanto com eles.

 

Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square